Como abrir consultório odontológico: passo a passo completo

with Nenhum comentário

Abrir consultório odontológico é um grande passo na carreira de qualquer profissional dentista. Descubro neste conteúdo TUDO o que você precisa saber para ter sucesso nessa missão.

Imagem de consultório odontológico

Muitos dentistas sonham em poder abrir consultório odontológico próprio ou mesmo em sociedade, mas é importante ressaltar que essa não é uma missão fácil.

Principalmente para os recém-formados, é preciso dizer que questões muito importantes, como marketing e gestão, não estão dentro da grade curricular dos cursos de odontologia.

Então, para montar consultório odontológico é essencial que se entenda que toda clínica é uma empresa e deve ser vista e tratada como tal.

Confira a seguir todos os passos para que você possa abrir consultório odontológico e se tornar uma referência no mercado. 

Comece pelo planejamento

Antes de abrir consultório odontológico é importante realizar um plano de negócios assertivo e coerente.

Muitos profissionais da odontologia acabam fracassando por não terem visão de negócios, experiência de negócios e não entenderem o mercado.

Montar consultório odontológico é como abrir uma empresa, é preciso planejar estrategicamente todos os custos, contratações e investimentos envolvidos.

Entenda seu mercado antes de abrir clínica odontológica

Para se ter uma ideia, só no Brasil são quase 300 mil profissionais atuantes e grande parte deles se concentram em São Paulo. 

Com este número é fácil compreender que o mercado está cada vez mais competitivo e é preciso de estratégias para se destacar dos demais.

Para isso, separamos abaixos dicas primordiais para quem deseja montar clínica odontológica.

Defina e conheça seu público

Antes de tudo é preciso definir quem é o público-alvo, ou seja, que tipo de paciente você tem a intenção de atender.

Isso porque, diferentes pacientes possuem diferentes demandas de tratamento e pagam diferentes preços por eles.

Tratamentos ligados a estéticas, por exemplo, costumam ser mais caros, por isso a procura por eles é mais comum em públicos de classe social A ou B.

Já tratamentos mais comuns, como limpeza ou obturações, podem vir de todo tipo de público.

Pesquise a região onde deseja abrir consultório odontológico

Para garantir sucesso ao montar consultório odontológico é preciso abri-lo em um local de fácil acesso de seu público-alvo.

Por isso, estude os bairros onde pretende abrir sua clínica, confira se a localização é fácil e segura, se existe local para estacionamento e pontos de transporte público.

Estrutura básica

Ao iniciar suas atividades é preciso contar com uma estrutura básica já montada de forma que seja possível atender pacientes.

Não só os equipamentos de trabalhos estão dentro dessa lista, como também móveis hospitalares e eletrônicos capazes de fornecer conforto para seus pacientes:

  • Cadeira odontológica;
  • Micromotor;
  • Motor elétrico;
  • Aparelho intraoral;
  • Aparelho extraoral;
  • Fotopolimerizador;
  • Compressor;
  • Bomba a vácuo;
  • Autoclave;
  • Seladora;
  • Instrumento de sucção;
  • Aparelho de polimerização;
  • Kit alta e baixa rotação;
  • Câmara Escura;
  • Negatoscópio
  • Raio X;
  • Colete de Chumbo;
  • Foco cirúrgico;
  • Materiais descartáveis no geral;
  • Bebedouro;
  • Iluminação;
  • Banheiro;
  • Televisão;
  • Roteador wi-fi;
  • Sofá ou cadeiras;
  • Telefone;
  • Recepção;
  • Software odontológico.

Quanto custa abrir consultório odontológico?

Abrir consultório odontológico requer um certo investimento inicial.

De acordo com o Sebrae é preciso cerca de R$ 65 mil a R$ 100 mil para montar clínica odontológica de pequeno porte. 

Mas é claro que esse valor pode variar de acordo com suas intenções, se a ideia é abrir um consultório ou clínica.

Montar um consultório odontológico é muito mais econômico do que abrir uma clínica.

Entretanto, uma clínica fatura mais do que um consultório odontológico, pois oferece mais serviços.

Outro ponto importante para abrir clínica odontológica é entender que você tem custos fixos e variáveis. 

Os custos variáveis são os gastos imprevistos: decoração da recepção, assistência, dentre outros que podem ser maiores ou menores de acordo com o mês. 

Já os custos fixos são aqueles que você tem todos os meses, independente de qual for o seu rendimento. Esses são: pagamento de aluguel, água, luz e colaboradores. 

Entender todos esses valores é fundamental para que você não comprometa o seu futuro se dedicando para abrir consultório odontológico. 

É fundamental que você tenha uma boa reserva para caso haja algum imprevisto. 

Quais são os documentos para abrir consultório odontológico

O seu consultório e a sua carreira se tornam uma empresa quando você decide montar clínica odontológica ou montar consultório odontológico. 

Sendo assim, para ter tudo legalizado e evitar dores de cabeças futuras é imprescindível que você prepare os documentos a seguir:

  • Realizar o registro de autônomo;
  • Solicitar o alvará do espaço para Vigilância Sanitária;
  • Laudo radiométrico, caso fizer uso de aparelhos de Raio X;
  • Regulamentação com o CRO da região.

Faça a sua divulgação/marketing

Marketing de consultório odontológico

Muitos acreditam para divulgar uma clínica ou consultório basta colocar uma placa ou distribuir.

No entanto, para atingir o seu público é preciso traçar um plano de marketing odontológico que atrai muito além do público da sua vizinhança. 

Para isso, você deve investir nas redes sociais, sites e blogs. Além de adaptar seu atendimento para facilitar o contato online. 

Ao abrir consultório odontológico, fazer sua divulgação pode ser uma tarefa difícil, mas é possível contar com uma equipe especializada em divulgação. 

Está na hora de abrir seu consultório odontológico!

Durante este conteúdo você pode compreender mais sobre como abrir clínica odontológica. 

falamos sobre a necessidade inicial de realizar o planejamento de negócio, prevendo os investimentos necessários. Trouxemos também o valor médio de investimento apontado pelo Sebrae.

Além disso, vimos como é importante conhecer seu público-alvo para abrir consultório odontológico.

Com ele, você tem mais facilidade em escolher uma localização e decidir quais tratamentos oferecer. 

Também vimos qual a estrutura básica que você deve ter para montar consultório odontológico, passando pelos materiais de trabalhos e chegando até a mobília da recepção.

Além disso, é muito importante destacarmos o quanto um software clínicas odontológicas é capaz de auxiliar neste processo.

Por fim, lembre de se adaptar à era digital e realizar ações de marketing e também seu atendimento por meio de aplicativos, site e redes sociais.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *